O terror das estrias: saiba como surgem e o melhor jeito de lidar com elas

As temidas estrias podem aparecer em homens, adolescentes e até em crianças, mas ninguém é tão assombrado por ela quanto as mulheres. De acordo com a Associação Brasileira de Dermatologia,  metade das brasileiras tem estrias e sofre por esse mal, já que 70% delas afirma ver nas estrias seu maior problema estético e principal fator de baixo estima. Na gestação a incidência é maior, chegando a acometer mais de 90% das grávidas, principalmente a partir do sexto mês de gravidez, quando a barriga cresce de forma mais acelerada e a pele estica muito.

O que são estrias?

As estrias são cicatrizes lineares, rosadas ou brancas, que comumente aparecem no abdômen, nádegas, coxas, braços e seios. Elas surgem quando há uma distensão excessiva da pele em um curto espaço de tempo, desencadeando uma inflamação que posteriormente rompe as fibras elásticas e colágenas. Embora nossa pele seja capaz de acompanhar nosso crescimento, essa elasticidade tem limite, e é quando ele é excedido que elas surgem. Normalmente na gravidez, em ganhos abruptos de peso, aumento rápido dos músculos por excesso de exercícios físicos, estirão da puberdade, uso intensivo de corticosteroides ou em quadros de  anorexia nervosa.

Como evitar?

Tirando o fator psicológico e estético, as estrias não trazem nenhum dano permanente à saúde, o que pode ser um alívio, já que mesmo existindo diversos tratamentos para amenizá-las, ainda não há nenhum que as elimine totalmente, logo, fazer o possível para evitar seu surgimento pode ser a melhor opção.

Evitar crescer ou engordar de modo abrupto e excessivo seria  o ideal, mas naturalmente isso é inviável para alguns grupos, uma vez que é  impossível impedir que um adolescente cresça e que uma grávida ganhe peso e sua barriga estique.

Ter uma alimentação saudável e beber muita água é o primeiro passo para qualquer tratamento estético. Uma alimentação saudável vai equilibrar seu peso, melhorar a aparência da pele e consequentemente das estrias, enquanto a água é fundamental para manter o corpo hidratado. Do mesmo modo, usar cremes e hidratantes nas áreas mais susceptíveis vai evitar que sua pele resseque e perca a elasticidade.  

Tratamento

Se for tarde demais e você precisar de um tratamento para melhorar a aparência das estrias, escolher o melhor pode ser um desafio.

A cada dia aparecem no mercado novos tratamentos, a base de diferentes produtos, com os mais variados preços e nem sempre o resultado é satisfatório.

O recomendado é que as estrias sejam tratadas logo após seu surgimento, quando ainda estão na fase arroxeada e que o tratamento seja feito com acompanhamento de dermatologistas e em clínicas estéticas especializadas, de modo isolado ou combinados. Hoje os tratamentos mais conhecidos são a base de ácidos, peelings, dermoabrasivos e lasers. Comumente circulam dezenas de receitas caseiras que prometem solucionar o problema, como tomar sol ou passar clara de ovos, mas a maioria não passa de mito, sem nenhuma eficácia comprovada.

 

Bronzeamento: escolha o melhor jeito para você

Verão é sinônimo de sol, calor e pouca roupa, mas nem todos gostam de mostrar o corpo, principalmente quem não está com o bronzeado em dia. Tem ainda aqueles que mesmo no inverno não dispensam um bom bronze e associam a cor á saúde e beleza. O certo é que ter a pele bronzeada ainda é um padrão estético e ninguém está livre de vaidades.

Tem aqueles com a pele mais clarinha, que ao primeiro sol ficam avermelhados, e aqueles mais morenos, que com poucos minutos ficam com uma cor linda. O tipo de pele, a disposição e o tempo são fatores que tem de ser levados em conta na hora de escolher o melhor jeito de se bronzear.

Para resolver esse problema as opções são muitas: tomar sol na praia, na piscina, usar produtos específicos ou até máquinas de bronzeamento artificial.

Veja como cada uma delas funciona e escolha a melhor pra você:

Bronzeamento natural

O sol ainda é a maneira mais popular de pegar um bom bronze. O Brasil é um país tropical e em algumas partes há sol intenso o ano inteiro, mas para conseguir um bronzeado saudável e natural é preciso tomar alguns cuidados. A exposição ao sol deve ser feita no início da manhã e no fim da tarde, de preferência até as 11hs da manhã e depois das 17hs da tarde. Usar chapéus e bonés para proteger o rosto e, não importa o horário, passar protetor solar com FPS de no mínimo 30, mesmo em peles negras.

Beber bastante água e ingerir alimentos e cápsulas ricos em licopeno, betacaroteno e vitamina C também ajudam a proteger a pele dos danos do sol e dar uma aparência bonita a pele.

O mais importante é ter em mente que a prioridade é sua saúde e que a exposição excessiva ao sol, ou sem os devidos cuidados,  é prejudicial à saúde, podendo causar envelhecimento precoce, desidratação, insolação e até câncer de pele. Segundo a Associação Brasileira de Dermatologia, no Brasil esse é o tipo de câncer mais comum, correspondendo a 25% dos diagnósticos.

Câmaras de bronzeamento

Quem não quer entrar em uma câmara e sair bronzeada em poucas horas ao invés de queimar por dias ao sol?

Talvez você não saiba, mas  embora muitas clínicas estéticas divulguem esse serviço, as câmaras de bronzeamento são proibidas no Brasil desde 2009, quando a Agência Internacional de Pesquisa sobre o Câncer, ligada à Organização Mundial da Saúde (OMS), passou a considerar as câmaras de bronzeamento cancerígenas.

As câmaras são fonte de raios UVA,  mais potentes que o sol e principal responsável pelo envelhecimento cutâneo e predisposição ao câncer de pele. A radiação ultravioleta (UVA) penetra na pele profundamente, alterando fibras elásticas, causando rugas e manchas. Segundo o Núcleo de Câncer de Pele do A.C.Camargo, o bronzeamento artificial aumenta em 50% o risco de desenvolver melanoma.

Autobronzeamento

Os autobronzeadores são cremes desenvolvidos para atingir a parte mais superficial da pele sem causar nenhum dano. Eles dão o efeito bronzeado através da pigmentação da queratina na camada externa da pele. Os autobronzeadores podem ser comprados em qualquer farmácia ou drogarias e são facilmente aplicáveis. Recomenda-se sua aplicação de cima para baixo de forma uniforme e homogênea e o uso de luvas para evitar manchas. Espere uma hora para se vestir e certifique-se que o produto esteja completamente seco. Como ele demora para agir, só tome banho após ter passado 8hs da aplicação do produto.

Bronzeamento a jato

O bronzeamento a jato tem um efeito estético parecido com as câmaras de bronzeamento, mas com a garantia de não ser prejudicial a saúde e possuir regulamentação da Anvisa. Consiste em um rápido procedimento com um produto a base de DHA aplicado sobre a pele com uma pistola conectada a um compressor.

O produto é a base de  um açúcar incolor que interage com as células mortas localizadas na camada superficial da pele e reage com a melanina, estimulando a pigmentação da epiderme.

A aplicação é totalmente segura, restrita apenas a pacientes alérgicos à substância, gestantes ou que estejam fazendo tratamento com cremes a base de ácido no rosto.

É necessário aguardar trinta minutos até que o produto seque e esperar em torno de oito horas para tomar banho.

O efeito do bronzeamento a jato dura em média uma semana.